Raimunda Cordeiro do Nascimento, 52 anos, atuou como contadora por 26 anos. Cansada da profissão, precisando aumentar a renda e ter mais tempo para cuidar das duas filhas, ela decidiu fazer um curso de Produção de Pães Caseiros, ao ver no site que o Senac estava com inscrições abertas para vários cursos gratuitos. Esse foi o primeiro passo para ela mudar de profissão. Depois vieram mais seis cursos: Tortas Doces e Salgadas, Auxiliar de Cozinha, Pizzaiolo, Padeiro, Confeiteiro e Cozinheiro. Foi contratada por um conhecido restaurante em Águas Claras onde chefiou a cozinha por mais de um ano. Atualmente, é empreendedora individual onde, por meio da Delícias da Mamãe, produz e comercializa os mais diversos tipos de salgados, tortas e pizzas que vende congeladas. senac-caso-de-sucesso-raimunda-cordeiro-3

“Eu não sabia fazer um biscoito, mas tinha muita vontade de aprender. Você não tem noção do tamanho da minha emoção quando eu fiz em casa o que tinha aprendido na aula. Fiz esfiha, pão e deu certo. Parecia uma criança ganhando o primeiro pirulito”, lembra Raimunda.

A empreendedora conta que sua história com o Senac começou em um período em que passava por muita dificuldade, com duas filhas pequenas e processo de separação. “Foi o Senac que me salvou. Digo isso de peito cheio, porque foi com essa instituição que enfrentei todas as dificuldades”, diz ela, que se sente plenamente realizada. “Resolvi trocar de profissão e entrar para a gastronomia quando percebi que todo mundo precisa se alimentar. Mesmo com crise econômica, as pessoas não deixam de comprar comida. Sapato, roupa, bolsa, carro, ninguém compra todo dia. Mas comida, você tem que comprar todos os dias, seja mais sofisticada ou mais simples”, destaca ela, que começou vendendo os primeiros salgados nas oficinas da 704 Norte.